Projecto de Conservação da Palanca Negra Gigante
Histórico da Fundação

A Fundação Kissama é uma organização não-governamental fundada em 1996 com o objectivo de promover a defesa, protecção, conservação, gestão, estudo, investigação e equilíbrio da fauna e flora angolanas.

Em 2007 foi declarada como instituição de Utilidade Pública como reconhecimento do seu importante contributo para a protecção e conservação da biodiversidade angolana.

Na altura da sua constituição, as actividades da Fundação estavam mais circunscritas à área do Parque Nacional da Quiçama. Para a reintrodução de espécies criou-se uma área especial de conservação, dando início ao Projecto Arca de Noé. Durante mais de 10 anos a Fundação Kissama foi responsável pela gestão diária da fauna e flora da área especial de conservação e esteve envolvida no processo de reconstrução da Escola de Catalangombe, destinada à formação de fiscais para as áreas de conservação de Angola.

Ligada desde sempre ao Projecto de Conservação da Palanca Negra Gigante, a Fundação Kissama passa a ser a instituição implementadora das acções de investigação científica e educação ambiental do projecto em 2010.